0 comments on “Promoções de final de ano exigem compliance fiscal”

Promoções de final de ano exigem compliance fiscal

Passada a Black Friday e com o Natal se aproximando, o comércio eletrônico trabalha duro para dar conta de todos os pedidos e manter a organização e os estoques abastecidos para dar conta de um ritmo agressivo das vendas.

Porém estas não devem ser as únicas preocupações. A preocupação com infraestrutura para não ser surpreendido com alto fluxo de pedidos é uma dor de cabeça tanto para o e-commerce como para as lojas físicas. Mas tem um ponto de atenção que muitos empresários devem atentar, avisa o gerente tributário da Synchro, Leonel Siqueira. As questões fiscais são outro gargalo para o varejo.

0 comments on “Entenda como funciona a tributação dos “Kits” no Estado de São Paulo”

Entenda como funciona a tributação dos “Kits” no Estado de São Paulo

Kits – Industrialização – Fabricação – Mercadoria Autônoma – Tratamento tributário – Nota Fiscal – Substituição Tributária

Quem nunca se deparou com produtos estrategicamente agrupados nos supermercados com o objetivo de aumentar seu apelo comercial? Não são raros de se ver os seguintes dizeres: “Leve 2 Xampus e 1 Condicionador e ganhe de brinde 1 sabonete” ou, ainda, “Na compra de 1 cabo USB e 1 tomada de carregamento, leve 1 Pen Drive grátis”. Geralmente as empresas promovem essa agregação de mercadorias em forma de “Kits” para atrair clientes e garantir maior competitividade. Mas como funciona, do ponto de vista fiscal/tributário, a tributação desses “Kits”? É o que passaremos a ver.

0 comments on “5 dicas para o compliance fiscal na Black Friday”

5 dicas para o compliance fiscal na Black Friday

Black Friday é um dos períodos de maior movimentação financeira do calendário de compras e troca de presentes. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), a estimativa é que o comércio eletrônico deve faturar R$ 2,87 bilhões com a Black Friday em 2018, registrando um crescimento de 16% na comparação com ano anterior. A expectativa da entidade é de que os sites de varejo recebam mais de 8,8 milhões de pedidos. Com esse cenário, os lojistas já se preparam para deixar seus estoques abastecidos para dar conta de um ritmo agressivo das vendas. Mas será que é esse o único ponto de atenção dos varejistas para esse período? Certamente que não e vamos descobrir qual é o outro gargalo no segmento.

0 comments on “Alteração de início de obrigatoriedade da EFD-Reinf para determinados grupos de contribuintes”

Alteração de início de obrigatoriedade da EFD-Reinf para determinados grupos de contribuintes

Foi prorrogado o prazo para que as empresas incluídas no 2º grupo de contribuintes obrigados à EFD-Reinf passem a entregar suas informações fiscais à Receita. A Instrução Normativa RFB nº 1.842/2018, publicada em 31/10/2018, que altera a Instrução Normativa RFB nº 1.701/2017 (instituidora da EFD-Reinf), estabelece que os fatos ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2019 deverão ser enviados à RFB a partir das 8 horas de 10 de janeiro de 2019.

Essa alteração foi necessária para realinhar a entrega da EFD-Reinf com o cronograma do eSocial. Consequentemente, como os grupos de contribuintes obrigados à entrega do eSocial foram reorganizados e as datas de início da obrigatoriedade de envio dos eventos periódicos para os 2º, 3º e 4º grupos foram alteradas, fez-se necessário também promover alterações no início de obrigatoriedade dos grupos de contribuintes da EFD-Reinf. Por essas razões os ajustes nos 2º e 3º grupos e a inclusão do 4º grupo.

Cronograma de entrega da EFD-Reinf nos termos da IN RFB 1.842/2018

Grupo A partir das: Fatos ocorridos a partir de:
8 (oito) horas de 10 de janeiro de 2019 1º de janeiro de 2019
8 (oito) horas de 10 de julho de 2019 1º de julho de 2019
Em data a ser definida pela RFB

Obs1.: as empresas do 1º Grupo já realizam o processo desde janeiro deste ano normalmente.

Obs2.: para detalhes de quais empresas pertencem a cada grupo, verificar os incisos I a IV do § 1º do artigo 2º da IN RFB nº 1.701/2017, já com as alterações promovidas pela IN RFB nº 1.842/2018.

0 comments on “Os desafios fiscais para o próximo Presidente”

Os desafios fiscais para o próximo Presidente

O próximo presidente da República vai precisar de uma agenda positiva para tirar o Brasil da estagnação econômica que se arrasta há anos.Quando 2019 chegar, os desafios da área fiscal não serão poucos e o chefe do executivo terá que dar uma resposta a contento para o mercado. O calendário de iniciativas inclui levar a diante as reformas necessárias. A primeira delas é a reforma da Previdência. Essa matéria está se arrastando no Congresso e os gastos com aposentaria, pensões e benefícios sociais do INSS, para trabalhadores do setor público e privado, representam, hoje, mais de 50% do Orçamento da União, algo em torno de R$ 735 bilhões, segundo informações do Ministério do Planejamento. Quer uma amostra do que esse número representa? Esse volume é sete vezes maior que a área da Saúde e pode chegar a 10 vezes em 2025.

0 comments on “Aplicação da alíquota correta na UF do Amapá, em virtude das recentes alterações em sua Legislação”

Aplicação da alíquota correta na UF do Amapá, em virtude das recentes alterações em sua Legislação

1. Alteração de alíquotas no Estado do Amapá

Todos os Estados possuem uma alíquota interna padrão para seus produtos, sendo que cada um tem a liberdade de estabelecer outras alíquotas, chamadas de específicas.

0 comments on “Plataforma da Synchro automatiza a prestação de dados para o Fisco.”

Plataforma da Synchro automatiza a prestação de dados para o Fisco.

Syn4TDF captura informação gerado dentro de ERP da SAP e prepara para o envio para sistemas da Receita

Desenvolvida especialmente para a ferramenta Tax Declaration Framework (TDF) do ERP da SAP, a plataforma é capaz de automatizar a captura e o tratamento de dados fiscais para o envio de obrigações fiscais ao Fisco, trazendo agilidade e qualidade da informação a ser enviada e, principalmente, evitando as multas para a empresa devido a atrasos ou erros.

0 comments on “Customer experience na área tributária é possível?”

Customer experience na área tributária é possível?

Falar de customer experience é falar da jornada do cliente e de como ele se interage com uma marca, ou seja, como ele se relaciona com a empresa desde o momento em que a conhece, efetua uma compra, utiliza seus serviços, aciona o suporte ou pós-venda. Todas essas etapas geram pontos de contato e, para que o índice de satisfação seja positivo, é necessário que cada um desses pontos ofereça a melhor experiência.

0 comments on “Synchro no SAP Forum Brasil – 2018”

Synchro no SAP Forum Brasil – 2018

Encontro recebeu cerca de 8 mil executivos, de clientes e potenciais clientes da companhia.

O Portal ERP esteve presente na 22ª edição do SAP Forum Brasil, nos dias 11 e 12 de setembro. O encontro recebeu cerca de 8 mil executivos, de clientes e potenciais clientes da companhia, e, de empresas patrocinadoras, durante os dois dias de evento, no Transamérica Expo Center em São Paulo.

0 comments on “Simplificação Tributária a caminho, SPED Fiscal é a solução.”

Simplificação Tributária a caminho, SPED Fiscal é a solução.

Distrito Federal vai aderir ao SPED Fiscal em 2019

Os contribuintes de ICMS do Distrito Federal (DF) ficarão obrigados a entregar as informações do ICMS por intermédio do Sped Fiscal (EFD ICMS/IPI) a partir de 1o de julho de 2019. Decorridos 11 anos da criação do projeto do SPED, o DF ainda mantinha a entrega das informações das operações com o ICMS por meio de outra obrigação acessória, o Livro Fiscal Eletrônico.

A medida permite também a antecipação voluntária dos contribuintes, desde que normatizada pelo Fisco do DF. A obrigatoriedade da entrega foi publicada pelo Ajuste Sinief 10/18, de 5/7/18, que alterou a norma regulamentadora da Escrituração Fiscal Digital (Ajuste Sinief 2/09, de 3/4/09).