0

eSocial: como ele afeta o governo, empresas e trabalhadores?

eSocial-como-ele-afeta-o-governo-empresas-e-trabalhadores1

 

As relações trabalhistas brasileiras são sempre um assunto polêmico. As obrigações e tributos impostos aos empregados e às empresas tornam esse tema um tanto quanto delicado.

Quando falamos de ações do governo, logo vem à cabeça a burocracia. Mas nem sempre é assim. Um bom exemplo é o eSocial. Antigamente, o envio de dados das organizações às agências responsáveis era despadronizado e gerava muitos erros.

0

BPO e eSocial: entenda a relação entre esses dois termos

BPO-e-eSocial-entenda-a-relação-entre-esses-dois-termos

As constantes mudanças na área contábil, fiscal e de tributos no Brasil afetaram profundamente a maneira que as empresas tinham de elaborar e enviar demonstrações e obrigações acessórias. O eSocial foi um programa criado dentro desta modernização proposta pelo governo federal e que tem como maior objetivo a consolidação do envio de informações pelo empregador, seja ele pessoa física ou jurídica, em relação a todos seus empregados. O eSocial pode ser definido como uma folha de pagamento digital. Será que sua empresa deve investir em BPO e esocial, terceirizando processos para entregar tais obrigações acessórias? Vamos entender melhor.

1

Conheça o cronograma de implementação do e-Social

Conheça-o-cronograma-de-implementação-do-e-Social

O e-Social se apresenta como mais um passo do governo federal no caminho da unificação do envio de informações por parte das empresas. Neste caso, as informações são enviadas pelos empregadores a respeito dos empregados. Por ser algo relativamente novo para alguns empregadores que antes eram isentos de tal obrigação por causa do tamanho das empresas, algumas adequações nos controles existentes serão necessárias, além da realização de testes prévios para atestar a efetividade do sistema e da comunicação com os organismos governamentais. O governo federal divulgou o calendário de implementação do e-Social para guiar os empresários no caminho da preparação, estabelecendo os limites de prazo para envio. No entanto, embora o tempo pareça relativamente grande, não é exatamente o que parece em se tratando de mais uma obrigação para o empresário.

0

Quais os benefícios do eSocial para empresas e seus funcionários?

Quais-os-benefícios-do-eSocial-para-empresas-e-seus-funcionários

O eSocial (Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas) pode ser compreendido como um projeto que envolve a Receita Federal do Brasil, o Ministério do Trabalho, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Caixa Econômica Federal, com o objetivo de padronizar e unificar o envio, por parte das empresas, de informações relacionadas a todas as obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas. A implementação do eSocial está prevista para 2016, e até lá todas as organizações precisam estar preparadas para atender às novas regulamentações.

Para o Fisco, essa unificação das informações emitidas pelas empresas facilitará o processo de auditoria e a busca por irregularidades, inconsistências,  fraudes, sonegação de impostos e desobediência a prazos legais. Mas você conhece os benefícios do eSocial para empresas e colaboradores? Então acompanhe-nos no post de hoje e descubra o que a medida fará pelo seu negócio:

0

Como o RH das empresas deve lidar com o e-Social?

Como-o-RH-das-empresas-deve-lidar-com-o-e-Social

A obrigatoriedade do e-Social é uma realidade cada vez mais próxima para as empresas, e estas devem ter organização para atender a demanda breve do Governo Federal, órgão responsável pelo projeto e-Social. Neste artigo a abordagem será a respeito do envolvimento do RH neste projeto. Você sabe como este profissional/departamento deve lidar com o projeto?

O e-Social

De responsabilidade do Governo Federal, o projeto e-Social tem preocupado algumas empresas devido a complexidade demandada. Este projeto engloba a Receita Federal, Ministério do Trabalho, INSS e a Caixa Econômica e busca consolidar as questões financeiras da empresa com relação à folha de pagamento.

2

Mitos e verdades sobre a implementação do eSocial nas empresas

Mitos-e-verdades-sobre-a-implementação-do-eSocial-nas-empresas1

A partir de 2016, todas as empresas brasileiras devem se preparar para a implementação do eSocial, novo sistema para a transferência de informações do Governo Federal. O eSocial é uma medida obrigatória para todos os empregadores brasileiros — as empresas regulares e quaisquer entidades tratadas como tal pela lei.

A implementação do eSocial nas empresas é uma iniciativa do Governo Federal que visa simplificar e unificar a apresentação de informação dos trabalhadores, atualmente reunidos pelos empregadores em múltiplas, independentes e concorrentes maneiras. O eSocial é um sistema de escrituração digital que irá se estruturar com as informações relacionadas ao trabalhador, tais como obrigações de folha de pagamento, obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias, e é parte do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Veja agora tudo o que você precisa saber sobre ele!

0

Sua empresa está preparada para o eSocial?

Sua-empresa-está-preparada-para-o-eSocial1

Com a aproximação da adesão obrigatória das empresas ao eSocial (de acordo com o cronograma oficial, a previsão é para meados de 2016), surgem nos empresários inúmeras dúvidas quanto à adequação ao novo sistema de envio de dados fiscais, trabalhistas e previdenciários.

Quer saber a melhor forma de prepara sua empresa para o eSocial? Aproveite a fase preparatória para o projeto e confira o nosso artigo de hoje para se informar sobre as mudanças trazidas pelo novo sistema.

0

O que o SPED contábil deve ter?

O-que-o-SPED-fiscal-deve-ter_1

A Escrituração Contábil Digital – ECD, também conhecida como SPED Contábil, faz parte do projeto de digitalização do sistema de escrituração das empresas e tem como objetivo a informação via eletrônica das obrigações contábeis como o livro diário, o livro razão, os balancetes, balançados e fichas de lançamento, bem como todos os livros auxiliares relacionados a estas obrigações.

Todas as pessoas jurídicas sujeitas à tributação pelo Lucro Real são obrigadas a utilizar o SPED Contábil desde o ano de 2009. Já para as demais empresas, a sua adoção e facultativa, com exceção daquelas optantes pelo SIMPLES e das sociedades simples, microempresas e empresas de pequeno porte, as quais estão dipensadas desta obrigação.

0

Saiba por que ECF e eSocial vão exigir uma atualização tecnológica das empresas

Saiba-por-que-ECF-e-eSocial-vão-exigir-uma-atualização-tecnológica-das-empresas

A cobrança de impostos, a seguridade social, as informações dos trabalhadores e a transmissão dessas informações ao governo estão passando por uma transformação significativa no Brasil.

O projeto de transformação de registros trabalhistas, conhecido como eSocial, tem como objetivo agilizar a transmissão de dados relacionados ao trabalhador a várias instituições do governo federal, incluindo o Instituto Nacional de Seguridade Social, o Ministério do Trabalho e a Caixa. Assim como o eSocial, a ECF, que deve ser transmitida anualmente ao SPED, visa a unificação e a atualização tecnológica do atual modelo contábil das empresas.

0

Por que o eSocial está impactando a cultura das grandes empresas?

Por-que-o-eSocial-está-impactando-a-cultura-das-grandes-empresas

O eSocial é um projeto criado pelo Governo Federal que tem como objetivo consolidar as informações referentes às obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relacionadas ao trabalhador e enviá-las em uma única entrega.

Esse projeto envolve órgãos como Receita Federal, Caixa Econômica Federal, INSS, Ministério da Previdência Social e o Ministério do Trabalho e será obrigatório para empresas de todos os portes. No entanto, a primeira fase de implantação envolverá as grandes empresas.

Quer saber mais como o eSocial está impactando a cultura das grandes empresas? Confira!