0

Fisco tem agido de forma implacável

Fisco tem agido de forma implacável

Setor industrial lidera com 41% do valor arrecadado das autuações

O fisco vem agindo de forma implacável com operações que visam apurar a sonegação fiscal. Hoje a Receita Federal possui um cronograma de fiscalizações, que tem a meta de arrecadar R$ 125 bilhões em 2016, para fechar o ano com valor igual ao apurado em 2015. Em anúncio recente, a instituição federal afirmou ter resgatado cerca de R$73,2 bi em autuações no período de janeiro a agosto desse ano. Se fizermos uma conta fácil, faltam cerca de R$ 51,8 bi para atingir a meta, exigindo preparação e cuidado dos contribuintes que não quiserem pagar essa conta.

0

Para que serve e como funciona a auditoria de sistemas?

Para-que-serve-e-como-funciona-a-auditoria-de-sistemas

 

A preocupação em sobreviver frente um mercado cada vez mais competitivo e a busca pela melhoria contínua é o que vêm estimulando empresas a investir na auditoria de sistema da informação, ou seja, uma solução encontrada por gestores para problemas em potencial, como no caso da segurança dos dados manipulados através dos computadores na organização. Foi inevitável que as atividades realizadas manualmente se tornassem automatizadas, decorrentes principalmente do crescimento que as organizações vêm tendo, em paralelo com a evolução acelerada da tecnologia.

0

Entenda o que é a auditoria ambiental

Entenda-o-que-é-a-auditoria-ambiental

Sustentabilidade é um conceito que se tornou amplamente difundido nas últimas décadas. As discussões em escala global durante eventos ambientais como a Eco 92 e a recente Rio + 20 colocaram em pauta a matéria do desenvolvimento sustentável, que deixou de ser um assunto abstrato para fazer parte do cotidiano das pessoas.

O mundo corporativo não escapa dessa realidade. Mais e mais empresas têm se preocupado em agregar valores, condutas e rotinas ecologicamente corretas à sua missão. E a auditoria é uma peça-chave nesse processo.

0

O que é e para que serve a auditoria contábil?

O-que-é-e-para-que-serve-a-Auditoria-Contábil

Você já ouviu falar em Auditoria Contábil? Sabe para que ela serve? Quais seus principais objetivos e por que uma empresa deve utilizá-la? Além disso, quais seriam os fatores que são observados dentro de uma empresa quando da realização da auditoria? Pode-se definir a auditoria como uma revisão ou ainda verificação das demonstrações contábeis ou dos sistemas ou ainda das operações de uma empresa para que seja assegurada a fidedignidade dos registros contábeis, ou seja, para proporcionar a credibilidade das demonstrações apresentadas e que estas representam o patrimônio da empresa na data de sua apresentação.

0

Quais as diferenças entre auditoria interna e externa?

Quais-as-diferenças-entre-auditoria-interna-e-externa

O acirramento da concorrência e a consequente necessidade de gerir com mãos de ferro os recursos empresariais para não perder competitividade no mercado são alguns dos fatores que explicam porque os programas sistemáticos de compliance centralizam cada vez mais a atenção de CEOs, gestores contábeis e diretores tributários. Em um universo em que governança e accountability são termos cada vez mais comuns nos corredores dos Núcleos Estratégicos das organizações modernas, compreender os limites e as diferenças entre auditoria interna e externa é fundamental para assegurar o crescimento do negócio com segurança e controle patrimonial de excelência.

0

Por que contar com um serviço de auditoria em sua empresa?

Por-que-contar-com-um-serviço-de-auditoria-em-sua-empresa

A auditoria é o processo de validação das atividades desenvolvidas por uma entidade ou por uma parte dela, podendo até mesmo ser específica a apenas uma atividade. O principal objetivo dela é validar o que foi feito com o que foi planejado. Dentre os vários tipos utilizados pelas empresas, um dos mais comuns é o serviço de auditoria contábil, que tem como principais objetivos a comprovação dos fatos que alteram o patrimônio das empresas, a apresentação de erros ou de fraudes e, por consequência, a sugestão de providências que podem ser tomadas para que eles sejam coibidos, bem como verificação da acuracidade dos controles internos da empresa.

Também verifica a existência destes controles internos e se estão aplicados da forma correta. Assim, a auditoria contábil pode ser entendida como uma técnica que verifica os registros contábeis para que, com isso, possa atestar a correta fidedignidade deles, o que significa que estes devem refletir o patrimônio apresentado.

0

Os 3 principais tipos de auditoria externa

Os-3-principais-tipos-de-auditoria-externa

Fazer auditoria é imprescindível para muitas organizações e, em determinadas empresas e entidades, ela costuma até ser obrigatória. Basicamente, por normalmente ser realizada externamente e possuir independência em suas análises e avaliações, é esse tipo de auditoria que assegurará que as informações financeiras e contábeis de uma empresa são confiáveis, livres de erros ou fraudes. Um dos seus principais objetivos é compartilhar seu parecer para todos os stakeholders daquela entidade, ou seja, investidores, acionistas, funcionários, governo, consumidores, dentre outros.

0

Quais são os tipos de auditoria interna?

Quais-são-os-tipos-de-auditoria-interna

Auditoria interna é uma avaliação da adequabilidade dos processos internos da companhia às regulamentações previamente definidas. Além disso, a auditoria também resulta em recomendações de melhores práticas organizacionais.

A auditoria tem destacada utilidade porque, com o crescimento de uma empresa, torna-se cada vez mais complexa a supervisão integral de todas as tarefas — impacto que é reduzido pela adoção de soluções automatizadas de gestão.

1

Auditorias: peças-chave nas empresas

Auditorias-peças-chave-nas-empresa

Auditoria é um termo que pode se referir a três coisas diferentes, porém interligadas: pode referir-se ao trabalho realizado por um auditor, à tarefa de estudar a economia de um negócio, ou ao escritório onde essas tarefas são executadas. A atividade de auditoria é a realização de uma revisão de processos das atividades econômicas de uma organização para confirmar se cumpriram o que foi estabelecido pela lei.