O impacto positivo da adoção da tecnologia na agricultura

Trataremos sobre o crescimento do uso da tecnologia na agricultura e como a sua adoção impacta positivamente o setor atrelando o uso da tecnologia fiscal para a correta tributação reduzindo os custos e riscos fiscais do agricultor.

O agronegócio terá um descomunal desafio a frente porque os levantamentos das Nações Unidas preveem quase dez bilhões de pessoas e “bocas”, uma demanda incrível para 2050, haja alimento para ser capaz de sustentar tanto apetite. Bom panorama para o Agro brasileiro, que não terá alternativa, a inovação tecnológica será o principal aliado para o reforço na produção e diminuir as consequências da ação do homem no ambiente.

O Brasil é um dos principais fornecedores mundiais de energia, alimentos, fibras e um dos mais notórios agentes garantidores da segurança alimentar global, com muitas dificuldades chegou nesse patamar. Agricultura passou por muita transformação, no último século, com esse desenvolvimento e recursos tecnológicos, nas técnicas de manuseio, nos produtos, nos métodos, que foram alcançados. Por exemplo: aumentar produtividade dos grãos em mais de 500 % nesses últimos 45 anos, mas de que forma daremos o passo seguinte?

A resposta está nas tecnologias digitais. Máquinas, implementos, cultivares, sementes, a proteção de cultivos, nutrição de plantas, passaram por uma transformação no longo do tempo com os avanços tecnológicos, conquistamos os presentes níveis de produtividade nas lavouras hoje com novos graus de capacidade e eficiência serão obtidos através da junção das ferramentas digitais nas propriedades.

É a evolução de uma agricultura engenhosa que está apoiada e fundamentada na ciência de dados, digitalização, novos modelos de negócios, que permitiram a ampliação da eficiência das atividades com insumos, a diminuição dos gastos totais do sistema, no risco da realização do trabalho e a preservação da biodiversidade. A digitalização é um método de modificação de informações em um molde digital o qual veio com a propagação da agricultura 4.0.

O apoio do agronegócio para a sociedade brasileira e a economia é famosa, irrefutável e que não requer muitas considerações. Afirma-se isso devido os benefícios fiscais que cercam a área do agro, desde normas de atenuação de carga fiscal com liberação, suspensão, incentivos, alíquota zero, créditos ou mesmo postergação de diversos impostos, como ICMS, PIS/COFINS, IPI, etc. Porém, é habitual comprovarmos que alguns produtores rurais (pessoas físicas e jurídicas), agroindústrias ou outros pertencentes a este meio que ignoram tais incentivos.

A economia com impostos, de forma legal e bem ordenada, é um padrão válido e fundamental para o sustento do produtor agroindustrial e colaboradores do setor como indústrias de máquinas, transportadores e demais empresas envolvidas diretamente. Com isso, observamos que a conformidade fiscal no setor pode ser determinante para os resultados do agronegócio.

Quer saber mais sobre como a conformidade fiscal pode auxiliar mudar os resultados da sua empresa? Entre em contato conosco e converse com um especialista.

Sobre o autor

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga nosso blog

Digite seu email para acompanhar nosso blog e receber notificação de novos conteúdos.