BI pode auxiliar (e muito!) a área fiscal. Sabia disso?

BI pode auxiliar (e muito!) a área fiscal. Sabia disso?

Engana-se quem pensa que a tecnologia é importante para algumas áreas, apenas. Muito pelo contrário: ela pode ser aplicada em inúmeras estratégias, tanto de organizações como de departamentos, atuantes com os mais diversos assuntos. Com o apoio dela, é possível agilizar processos do dia a dia, resultando em mais eficiência e sustentabilidade para o negócio. 

Na área fiscal isso não é diferente. Com a utilização de uma ferramenta de BI (Business Intelligence), por exemplo, é possível trabalhar com a inteligência dos dados fiscais de forma muito mais estratégica, inclusive em tempo real, agilizando o período dedicado ao trabalho, para que ele seja investido em análises e planejamentos, com foco na redução dos riscos e na consequente transformação da complexidade da tributação brasileira em benefícios à empresa.  

 

Mas como anda a parceria entre a área fiscal e a tecnologia?

Embora algumas companhias já estejam investindo na atualização do departamento fiscal – seja há pouco ou há algum tempo -, a maioria ainda está bem longe disso. É possível constatar tal informação a partir de um dado preocupante: aproximadamente 81 mil empresas entregaram, no site do ECD – SPED, seus arquivos referentes às obrigações exigidas pelo Fisco, apenas no último dia do prazo. 

Trata-se de um número bastante expressivo, uma vez que a obrigação existe há 10 anos, o que nos induz a pensar que o acontecido se deve ao grande volume de trabalho dos especialistas em tributos e ao fato de as empresas não estarem preparadas para cumprirem esta demanda com tranquilidade. Até mesmo por conta das constantes alterações na legislação brasileira, o que gera ainda mais esforço, além de inúmeras pesquisas e revisões. 

Vale ressaltar que a captação de dados, algo considerado extremamente caro na década passada, atualmente está ao alcance de todos, a cada instante. E mais: até então esse tipo de solução ajudava a otimizar processos, enquanto agora é totalmente voltada à geração de valor. O grande desafio, daqui para frente, é transformar tais informações em ativos, utilizando-os de forma estratégica para classificar melhor o mercado de atuação e, até mesmo, os clientes. 

E a sua empresa, está preparada para os desafios e o futuro da área fiscal no Brasil? Quer saber mais a respeito deste assunto? Confira entrevista realizada pelo VP Comercial, de Alianças e Parcerias da Synchro, Ricardo Funari, com o Gerente de Desenvolvimento de Negócios da SAP, Alexandre Schmidt, durante o evento SAP Now 2021: Acesse os conteúdos da Synchro no SAP NOW 2021 

*Por Ricardo Funari, VP Comercial, de Alianças e Parcerias da Synchro 

Sobre o autor

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga nosso blog

Digite seu email para acompanhar nosso blog e receber notificação de novos conteúdos.