vale-a-pena-implementar-governanca-corporativa-em-minha-empresa-1299

Podemos conceituar Governança Corporativa como sendo um conjunto de boas práticas adotadas por empresa com o objetivo de dar mais transparência para o mercado e aos stackholders de uma maneira geral, maximizando assim, o valor da empresa e melhorando sua imagem institucional.

As empresas passaram a seguir essa tendência mundial iniciada nos Estados Unidos e Inglaterra, e aumentou nos últimos 20 anos com o processo de globalização, com compartilhamento de informações mais compreensíveis a todos os tipos de interessados sobre seu patrimônio e sua evolução.

Os objetivos por trás disso vão de “fidelizar clientes” a “conseguir mais investimentos”, mas não é só isso.

Quais são os benefícios em adotar as práticas de Governança Corporativa?

Sempre que uma empresa decide tomar alguma decisão ela tem lá seus objetivos. Naturalmente eles devem trazer alguns benefícios para a empresa, mas quais seriam? Abaixo, listaremos alguns dos principais:

Transparência

Não só com as informações publicadas por obrigação legal, mas dar aos stakeholders informações que sejam do seu interesse é fundamental para fortalecer o bem-estar e confiança em relação à instituição. Afinal, o investidor quer ter certeza de que determinada empresa é um bom investimento.

Equidade

Um dos principais benefícios seria ter mais “igualdade de poder” entre os sócios, acionistas, gestores e demais stakeholders, pois permitiria que as ações a serem tomadas passem por um Conselho que deve se reunir para tomar decisões, fazendo com que a as decisões levem em conta o interesse dos demais sócios e acionistas, evitando também alguns abusos de poder da parte da alta gestão.

Prestação de contas

A prestação de contas também entra como um fator primordial de governança, pois faz com que os agentes de governança prestem contas da sua atuação e assumam a responsabilidade pelos seus atos.

Com a implantação da Governança Corporativa outros benefícios vão sendo agregados à empresa e a mesma passa a ter uma gestão mais segura e eficiente, chamando mais atenção do mercado e agregando valor à sua marca e imagem como um todo.

Até o acesso ao crédito fica mais fácil para empresas que adotam tais práticas em suas empresas, sem contar que contribui significativamente para sua continuidade.

É claro que para administrar um grande volume de informação e lidar com a excessiva cobrança de informações acessórias que o governo (que é um dos mais interessados nessas informações) demanda das empresas, como a EFD-Reinf e a e-Financeira. Portanto, a instituição deve sempre contar com todo o suporte de um sistema que seja capaz de atender à essas demandas.

Todo o processo operacional que gere alguma informação para o gestor, e principalmente àquelas que gerarão informações ao fisco, como questões relacionadas a notas fiscais deve contar com soluções automatizadas, tendo em vista a possibilidade de um grande volume de informações oriundos desse setor (confira como a Synchro pode te ajudar!)

Tomar decisão em conjunto requer informações precisas e tempestivas e soluções automatizadas sempre serão bem-vindas nesse momento.

O assunto é complexo e não se esgota por aqui. Para mais informações sobre Governança Corporativa baixe nosso e-book “Conheça os impactos da Governança Corporativa nas empresas” e curta nossa página no Facebook.