Você sabe o que são Obrigações Acessórias?

No Brasil, há duas formas de obrigações relacionadas a tributos, sendo que todos os contribuintes brasileiros estarão subordinados a elas. A primeira é a obrigação tributária principal, como os pagamentos efetivos dos impostos e a segunda é a obrigação acessória, os quais servem muitas vezes como base para o pagamento dos impostos, procedimentos burocráticos comprobatórios e outros procedimentos de caráter fiscalizatório. Um exemplo clássico de obrigação acessória é a emissão da nota fiscal. O pagamento do tributo é o principal e a emissão da nota fiscal é acessória. Vamos ver um pouco mais sobre o impacto das obrigações acessórias.

O que é uma obrigação acessória?

Assim como a nota fiscal, existem várias obrigações acessórias mais complexas e que podem gerar muita dor de cabeça aos gestores e proprietários de empresas. Dentre elas, podem ser citadas as guias de recolhimentos de impostos, a confecção e o envio de declarações fiscais e de demonstrações contábeis, procedimentos administrativos para emissão de contracheques e todos os demais documentos relacionados aos funcionários.

Estas obrigações são enviadas exclusivamente via internet aos montes para os órgãos fiscalizadores municipais, estaduais e federal todos os dias em uma quantidade gigantesca, fornecendo ao governo informações econômicas, sociais e financeiras sobre todas as empresas do país.

A dificuldade da maioria das empresas se concentra em:

  • Administrar o tempo para gerar as obrigações, conferir e corrigir caso necessário.
  • Ter visibilidade de todas essas obrigações acessória e acesso rápido a informações comprobatórias em caso de fiscalização.

Então, quando se pensa em obrigações acessórias, deve-se dar a mesma atenção que se dá ao processo produtivo, pois assim como este, as obrigações acessórias, se não forem gerenciadas de maneira satisfatória, podem gerar multas por atraso ou falta de envio apropriado aos órgãos governamentais competentes.

Tais multas podem gerar a dificuldade para a continuidade operacional ou, até mesmo, a paralisação, temporária ou definitiva, das atividades operacionais. Estas paralisações podem ser decorrentes de dificuldades financeiras por causa das multas ou por imposição governamental. A melhor escolha para que sua empresa não tenha dificuldades com as obrigações acessórias é a aquisição de uma solução que auxilie neste processo.

Evite dor de cabeça e autuações, entre em contato com um dos nossos especialistas e veja como a Synchro pode lhe auxiliar com essas dificuldades.

solicite-um-contato

Sobre o autor

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. […] uma obrigação importante ou perder um prazo. Exatamente por isso que a governança de obrigações acessórias é importante e, portanto, confira o que é essa […]

  2. […] cálculos, elaboração de guias de recolhimento, escrituração de livros fiscais, elaboração de obrigações acessórias relacionadas a tributos indiretos (insumos, produtos e serviços que circulam em negócios […]

  3. […] o cruzamento de informações e a detecção de possíveis irregularidades ou sonegação. O cumprimento de todas as obrigações acessórias deve ser a preocupação essencial de um empresário, já que a empresa corre risco de ter suas […]

Siga nosso blog

Digite seu email para acompanhar nosso blog e receber notificação de novos conteúdos.

Development with love by: Corebiz e Desafio